sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Opinião: Harry Potter e o Príncipe Misterioso (#6)

Título original: Harry Potter and the Half-Blood Prince (2005)
Autor: J. K. Rowling
Tradutor:  Manuela Madureira, Isabel Nunes e Alice Rocha, Maria do Carmo Figueira
ISBN: 9722334457
Editora: Editorial Presença (2005)

Sinopse:

Voldemort está está mesmo de volta! Esta é a terrível confirmação que agita o início do sexto ano na escola de feitiçaria de Hogwarts. O crescente poder maléfico de Voldemort, e do seu vasto exército de Devoradores da Morte, é cada vez mais visível, não só no mundo da Magia como no mundo dos Muggles.

Agora, mais do que nunca, é necessário reunir forças para combater o mal, e, para isso, Harry e Dumbledore visitam o passado misterioso de Voldemort, e o coração da magia negra, e desvendam alguns segredos verdadeiramente espantosos. Mas são muitos mais os enigmas que Harry terá de resolver, entre eles, um muito em especial – quem é o príncipe misterioso a quem pertenceu o livro sobre poções que Harry recebeu e que revela conhecimentos poderosíssimos e letais?

Poderá contar com ele como aliado ou será mais um inimigo a vencer? Neste penúltimo livro da série, as forças são testadas até ao limite, e Harry terá de apelar a toda a sua coragem e determinação para prosseguir na luta contra o poderoso senhor das trevas!... Será que vai conseguir?

Opinião:


Se os livros anteriores já apresentavam uma trama mais consistente e um teor mais negro que acompanha o desenvolvimento das personagens, em Harry Potter e o Príncipe Misterioso esta tendência fica mais acentuada.


De luto pelo seu padrinho e atormentado pelo regresso de Lord Voldemort, Harry mostra o seu lado mais revoltado o que, em união com o temperamento típico da adolescência o leva a tomar atitudes inesperadas. É possível constatar que o protagonista é colocado à prova, tanto na sua coragem como na integridade e na relação com os outros.

Neste volume, J. K. Rowling arrasta certos momentos fulcrais da ação para fora de Hogwarts. Isto acontece graças a uma maior intimidade entre Dumbledore e o protagonista, uma vez que juntos exploram as possibilidades referentes à derrota de Voldemort. Assim, estas duas personagens viajam por diversos espaços, quer sejam eles físicos quer sejam meras recordações. É impossível ficar indiferente às grandes revelações que são feitas, uma vez que se sente que as pontas soltas dos volumes anteriores estão finalmente a unir-se, na preparação do final da trama.

Contudo, este livro volta apresentar uma reviravolta inesperada, que consegue ser a mais chocante de toda a coleção. Confesso que quando tal aconteceu me custou a acreditar. Lembro-me perfeitamente de quando li este momento pela primeira vez. Já eram duas da manhã, eu não conseguia largar o livro, pois tudo estava a suceder rapidamente, quando de repente aconteceu. Fiquei em lágrimas. Li por diversas vezes a cena em questão até perceber que sim, a autora realmente matou uma das personagens mais emblemáticas deste universo. Percebi a revolta de Harry, fiquei perplexa com a identidade do autor do ato, que acreditava ser mais do que queria fazer parecer. Percebi que o último livro iria ser completamente diferente do anterior e fiquei na expectativa da sua publicação, ao mesmo tempo que um vazio já se fazia sentir por esta aventura estar a terminar.

Existem alguns conceitos novos, muitas aventuras e mesmo as personagens secundárias são bem exploradas. Destaco, como não poderia deixar de ser, Ron e Hermione. Se antes já se presenciavam sentimentos mais fortes do que a amizade, agora é fulcral que estes dois amigos estão apaixonados um pelo outro. O início desta relação está bem conseguida, balançando entre a cumplicidade, o amor, a amizade e até uma pitada de ódio, o que nos permite assistir a momentos divertidos e outros mais exasperantes. A autora conseguiu juntar duas figuras completamente diferentes de uma forma autêntica e credível.

É im livro surpreendente, provavelmente um dos melhores da saga.Uma leitura arrebatadora de uma série que me conquistou desde a primeira página.

Outros livros de J. K. Rowling:
Harry Potter e a Pedra Filosofal (#1)
Harry Potter e a Câmara dos Segredos (#2)
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (#3)
Harry Potter e o Cálice de Fogo (#4)
Harry Potter e a Ordem da Fénix (#5)

4 comentários:

Fiacha disse...

Olá,

Sem duvida um dos melhores livros da saga, gostei de todos mas este esta muito bom mesmo e não estava nada À espera deste príncipe misterioso :D

Bjs

Pedro Pacheco disse...

Um dos melhores da saga, sem dúvida, e uma dos mais marcantes tendo em conta o plot twist que acontece lá mais para o fim envolvendo o Dumbledore :'( chorei mesmo nessa parte...
Grande opinião e grande livro :)

Tens um selo no meu blog: o Liebster Award. Vê aqui: http://nomnomlivros.blogspot.pt/2013/02/liebster-award.html

Fiacha disse...

Olha aproveito a deixa do Pedro e informo que tambem da minha parte tens um selo ehehe

http://leiturasdocorvofiacha.blogspot.pt/2013/02/ora-bem-foi-um-final-de-semana-com.html

Cláudia disse...

Ah! Que simpáticos! Muito obrigada! Hoje vou ter que parar por um bocadinho para responder às vossas questões. Beijinhos*