terça-feira, 9 de julho de 2013

Opinião: Estrada Vermelha, Estrada de Sangue (Dust Lands #1)

Título original:  Blood Red Road (2011)

Autor: Moira Young
Tradutor: Miguel Romeira
ISBN: 9789722349178
Editora: Editorial Presença (2012)

Sinopse:

Estrada Vermelha, Estrada de Sangue é um thriller futurista, uma aventura épica que se passa num período pós-apocalíptico e extremamente violento. Saba, a protagonista, é uma jovem que viveu sempre em Silverlake, numa zona inóspita e quase deserta, até ao dia em que uma tempestade de areia traz consigo um bando de terríveis criminosos que lhe matam o pai e levam consigo Lugh, o irmão gémeo que ela adora. Saba vai investir toda a sua coragem na busca do irmão, numa demanda perigosíssima e empolgante que culminará numa apoteose de pura adrenalina.

Opinião:


Romance de estreia de Moira Young, Estrada Vermelha, Estrada de Sangue apresenta um cruel mundo pós-apocalitico, visto na primeira pessoa por Saba.

A protagonista, é uma jovem que sempre viveu na isolada e inóspita Silverlake, juntamente com o seu pai, o irmão gémeo que idolatra e a irmã mais nova que despreza. Era uma vida calma, até que a paz foi quebrada com a chegada de uma tempestade de areia que trouxe consigo um grupo de criminosos. Os bandidos invadiram a propriedade, mataram o pai de Saba e levaram-lhe o irmão. A jovem promete só descansar quando salvar o seu gémeo, mas para tal terá que descobrir uma realidade que desconhece e enfrentar muitos perigos.

Com uma trama repleta de peripécias e aventuras, este livro só agarra com o decorrer da leitura, já que numa primeira fase o leitor poderá ter de se adaptar ao estilo de escrita da autora. Não é que tenha uma linguagem complexa e difícil de entender, mas existem algumas características que podem causar estranheza, tais como o facto de os diálogos não estarem devidamente assinalados, ou mesma a utilização constante de palavras como “adonde”, “amandar” e “alevantar”.

Colocando de parte o aspeto enunciado anteriormente, Estrada Vermelha, Estrada de Sangue possui um ritmo gradual. Se numa primeira fase parece que nada acontece, com o tempo as peripécias aumentam em número e intensidade. Deste modo, o interesse do leitor aumenta, até um ponto em que se torna difícil largar o livro.

As personagens também vão cativando com o decorrer da leitura, e são uma mais-valia da narrativa. A destemida Saba, que sempre viveu à sombra do irmão, revela ser uma rapariga com uma personalidade interessante, apesar de pouco convencional. Emmi, a irmã mais nova, passa de criança irritante para menina encantadora, mesmo apesar de algumas das suas decisões deixarem o leitor com os nervos em franja. O romance que surge é também interessante, apesar de previsível. Contudo, é engraçado ver os choques de personalidades que geram uma relação amor-ódio.

Tal como tem acontecido com outras obras dentro do género, Estrada Vermelha, Estrada de Sangue é o início de uma saga. A trama principal fica concluída, mas o incremento de elementos faz acreditar que haverão muitas mais aventuras para estas personagens. E assim é.

Moira Young já publicou o segundo volume da série, Rebel Heart, estando neste momento a preparar o terceiro, ainda sem título. Resta saber quando Portugal terá acesso à continuação desta história.

Saber mais sobre este livro aqui.

3 comentários:

Liliana Pinto disse...

Olá :)
Tens um selinho no meu blogue!

Beijinhos e boas leituras!

p7 disse...

Adorei este livro! Tal como tu, foi-me cativando aos poucos, e no fim estava a devorá-lo. ^^ Também espero que a Presença não demore muito com o segundo... :)

Cláudia disse...

Obrigada Liliana! =)

P7, o segundo livro foi publicado em outubro do ano passado, o que pode querer dizer que está a chegar a terras lusas :) Depois teremos é de aguardar pelo terceiro, que tem data de publicação marcada para abril de 2014. Leitor sofre!